Romances históricos lançados no Brasil (2017 – 2021)

Atualizado: Abr 22

Esta é uma lista de romances históricos recém-lançados no Brasil. Ela é totalmente colaborativa, a ideia é que esteja em constante atualização e que escritores brasileiros e leitores façam indicações dos principais autores que publicaram livros dentro deste gênero da ficção histórica. Mais do que narrativas inventivas, são livros bem pesquisados, que têm a história brasileira como campo de estudo. Boa viagem ao passado e que o romance histórico brasileiro te conquiste!


Lista de livros de romance de época:

2017 Etel Frota – O herói provisório (Travessa dos editores) Frances de Pontes Peebles – Entre Irmãs (Editora Arqueiro) José Almeida Júnior – Última Hora (Record) José Roberto Walker – Neve na manhã de São Paulo (Companhia das Letras) Leticia Wierzchowski – Travessia: A história de amor de Anita e Giuseppe Garibaldi (Editora Bertrand Brasil)


Luize Valente – Sonata em Auschwitz (Record) Marco Aurélio Cremasco – Guayrá (Confraria do vento) Maura Palumbo – O perfume das tulipas (Duna Dueto) Samir Machado de Machado –  Homens elegantes (Rocco) ~ 2018 Alberto Mussa – A biblioteca elementar (Record) Alexandre Azevedo –  A cama em que morreu Tiradentes (Editora Penalux) Eduardo Sens – Adroaldo, de Majestosa (Editora Penalux) Fred Di Giacomo Rocha – Desamparo (Reformatório) José Huguenin – O vaqueiro e o jornalista (Editora Penalux) Luiz Renato Souza Pinto – Xibio (Carlini&Caniato) Nara Vidal – Sorte (Editora Moinhos) Onça Verunschk – Trilogia infernal (Patuá) Eliana Alves Cruz – O crime do Cais de Valongo (Editora Malê) Marco Fabiani – Um bourbon para Faulkner (Kan, em parceria com a Atrito Arte) ~ 2019

Silvestre Gomes - O diário e o livro (Editora Chiado)

Bruna Meneguetti – O último tiro da Guanabara (Reformatório) Marcelo Labes – Paraízo-Paraguay (Caiaponte Edições) Maria Valéria Rezende – Carta à rainha louca (Alfaguara)

Ana Luisa Escorel – Dona Josefa (Ouro sobre azul)

José Almeida Júnior – O homem que odiava Machado de Assis (Faro Editorial)

Maria dos Santos da Silva – Da Bagadinha aos Mocorongos (Editorial Linha a Linha)

Ricardo da Costa Aguiar – Das terras bárbaras (Tordesilhas)

Miriam Alves – Maréia (Malê)

Edney Silvestre – O último dia da inocência (Record)

Jayme Brener – Os cinco dedos de Tikal (Ex-Libris)

Fred Di Giacomo – Cabra Rachado (Amazon)

Milton Hatoum – Pontos de fuga (Companhia das Letras)

Eugenia Zerbini – Para você nunca se esquecer de mim: Imperatriz nos tempos do imperador (Amazon)

Anna Lee e Carlos Heitor Cony – Operação Condor (Editora Nova Fronteira)

Bárbara Simões Daibert – Firmina (Editora Malê)

Otto Leopoldo Winck – Que fim levaram as flores (Editora Kotter em parceria com Patuá)


Godofredo de Oliveira Neto - Marcelino (Editora Ímã)


Tempo de Graça, Tempo de Dor - Frances de Pontes Peebles (Editora Arqueiro)


Lima Trindade - As margens do paraíso (Editora Cepe)


Cláudia Lage - O corpo interminável (Record)


~


2020

Viviane Ferreira Santiago - As meninas de 22: Maiores que o mundo (Editora Patuá)


Sérgio Carneiro - A Livraria da Rue de l’Odéon (Editora Pébola)


Menalton Braff - Além do rio dos sinos (Editora Reformatório)


Dinah Silveira de Queiroz - A muralha (Reedição da obra publicada em 1954 - Editora Instante)


Silvia Gershman - O renascimento em outras terras (Patuá)


Luis Sérgio Krausz - Opulência (Cepe Editora)


Paula Macedo Weiss - Entre nós (Editora Folhas de Relva)


Eliana Alves Cruz - Nada digo de ti, que em ti não veja (Editora Pallas)


Mary del Priore - Matar para não morrer (Editora Pausa - reedição)


Mary del Priore - A condessa de Barral (Editora Pausa - reedição)


Mary del Priore - O príncipe maldito (Editora Pausa - reedição)


Maurício Melo Júnior - Não me empurre para os perdidos (Editora Cepe)


Miguel Sanches Neto - Um amor anarquista (Editora Grua - reedição)


André Cabral Honor - Hoje mando um abraço para ti, pequenina (Editora Escaleras)


Eduardo Spohr - Santo guerreiro: Roma invicta (Editora Verus)


Cornélio Penna - A menina morta (Faria e Silva) Rafael Guimaraens - 1935 (Libretos)


Víktor Waewell - Novo Mundo em Chamas: Uma aventura épica (Autopublicado) Eduardo Spohr - Santo guerreiro: Roma invicta (Verus Editora) Gian Danton - Cabanagem (AVEC Editora) Wagner Gutierrez Barreira - Demerara (Editora Instante)


~


2021


Paulo D'Auria - Cuáheu (Desconcertos Editora)


Micheliny Verunschk - O som do rugido da onça (Companhia das Letras)


Marco Lucchesi - Adeus, Pirandello (Editora Rua do Sabão)




213 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo